u
Negócios powered by ALPE

O Castelo

“O curso de gestão e economia devia ser dado nas escolas”

Publicado por
Daniela Soares
|
31.10.2023

Carla Pereira é o que se chama uma verdadeira empreendedora. Com empresa aberta desde 2012, já vai na terceira área de atuação, ajustando-se sempre às circunstâncias profissionais e pessoais. O Castelo é o projeto que tem a seu cargo com serviços de consultoria imobiliária, uma área que faz lembrar a saudosa arquitetura, algo que a empresária sempre quis seguir, mas não teve oportunidade.


“Eu vinha de uma empresa de gestão de condomínios em que era eu que geria tudo. Pensei ‘se eu consigo gerir para os outros, consigo gerir para mim’. Então lancei-me, em 2012, com um sócio e duas áreas: gestão de condomínios e limpezas”, refere Carla Pereira. Assim, nasce O Castelo, um projeto que demorou a arrancar numa fase inicial. “Os primeiros anos? Difíceis. Os primeiros anos são anos de semear, dar a conhecer o nosso trabalho às pessoas. Comecei do zero, sem nenhum cliente, tive de batalhar”. A ALPE ajudou no processo de abertura da empresa, na preparação do dossiê para a candidatura ao Instituto de Emprego e Formação Profissional, e, desde então, com muito esforço, Carla Pereira tem conseguido manter a empresa aberta. “Não é nada fácil. Angariar clientes em todos os negócios é a principal dificuldade, lidar com pessoas, ganhar a confiança delas para que procurem o nosso trabalho regularmente. Mas quem tem veia empresarial, chega ao final do dia satisfeito”, garante.
Principalmente, porque a sua palavra de ordem é “liberdade”. “É uma das coisas que eu procurava. Não tenho de dar satisfações a ninguém, se me apetece ir de férias para a semana, vou, não tem de ser no mês de agosto, mas não se trabalha 8h, são 10h/12h”, refere, salientando a necessidade de trabalhar duro. “Trabalho muito, um empresário tem de trabalhar e batalhar muito, mas a compensação de sermos nós a tomar as decisões, saber que quanto mais trabalharmos, mais gratificante será a nível monetário e de satisfação pessoal, porque não estamos a trabalhar e a receber sempre o mesmo. Quando se trabalha por conta de outrem, o ordenado é sempre o mesmo, e para mim começou a fazer sentido trabalhar por conta própria”, afirma.
O sócio, entretanto, faleceu e Carla Pereira viu-se a mãos com uma carga de trabalho excessiva. “A área das limpezas cresceu muito mais e, em 2017, eu estava com um desgaste físico e emocional muito grande, e tive de optar e, claro, optei pela área que me dava mais dinheiro, tinha uma boa carteira de clientes. Ao fim de três anos de negócio, a minha empresa de limpezas tinha cinco funcionárias, o boca-a-boca é a melhor publicidade”, declara. A saúde obrigou-a a vender o negócio, parar e reavaliar e, devido à grande quantidade de convites que recebia da área imobiliária, achou que esse seria o caminho. “Tive tantos convites de imobiliárias que achei que se calhar era uma área em que devia arriscar e, além disso, eu sempre quis ser arquiteta, mas não tive oportunidade, eu gosto de tudo o que é ligado a casas”, revela. O negócio “vai bem” e está, claro, “na fase de semear. Agora já tenho experiência para perceber que esta é a fase de semear, até aos três anos é assim, dizem as estatísticas e eu comprovo”, refere.
Uma verdadeira empreendedora que se foi sempre ajustando às circunstâncias. “Quando trabalhamos com gosto e bem, as coisas correm”, comenta. Ajudou-a neste percurso a base do curso de gestão. “Acho que o curso de gestão e economia devia ser dado nas escolas. Aprende-se na escola muita coisa que ao longo da vida não tem grande importância e isto sim é fundamental”, salienta. Não deixa de agradecer à ALPE “a ajuda em todo o processo”, revelando que é uma resposta à qual continua a recorrer “sempre que precisa. Prestam um bom serviço”, elogia. Como conselhos para futuros empreendedores, deixa o alerta: “Um bom empresário tem de se convencer que não vai ficar rico da noite para o dia. Vejo muitos a abrir hoje e a fechar amanhã, têm de se convencer que vão trabalhar mais do que o normal e ter responsabilidades”, afirma, criticando também o “Estado que não ajuda o pequeno empresário. Pagamos muitos impostos e isso sufoca as empresas, os impostos não deixam fazer face às necessidades, principalmente no início em que se anda a contar os tostões porque o volume de negócios não é suficiente para as despesas”. Um empresário que queira vingar no mercado, diz Carla Pereira, “além da honestidade, tem de trabalhar e batalhar muito. É satisfatório ao fim de uns anos, é preciso é não desistir e estar sempre a evoluir e em cima do acontecimento. Tenho um filho de 26 anos que está a trabalhar por conta de outrem, mas quer lançar-se por conta própria, porque me vê a mim e ao meu marido, que também é empresário, e sabe que se quer crescer e não estar limitado a ganhar aquele ordenado, tem de trabalhar por conta própria, mas tem de trabalhar muito”, salienta.


No items found.
No items found.

Negócios powered by ALPE

u
Negócios powered by ALPE

Academia dos +

“O que fizemos para sobreviver foi estabelecer parcerias com entidades formadoras”
u
Negócios powered by ALPE

Paula Pinto

“Ser empreendedor e trabalhar por conta própria exige grande motivação”
u
Negócios powered by ALPE

In2techs Consulting

“Toda a gente quer fazer omeletes sem partir ovos”
u
Negócios powered by ALPE

Charme Neutro

“Não se lancem se não tiverem conhecimentos na área e gosto pelo que estão a fazer”
u
Negócios powered by ALPE

Scoop - Pilates

“Qualquer coisa que quisermos vender ou fazer, funciona no sítio e momento certo”
u
Negócios powered by ALPE

Atelier da Calheirinha by Tita Maltez

“O empreendedorismo não é um mar de rosas, as pessoas têm de estar preparadas”
u
Negócios powered by ALPE

Auto Arrebita

“A ALPE deu-me o empurrão que precisava para abrir o negócio”
u
Negócios powered by ALPE

Camaleão

“Para crescer, tem de se investir”
u
Negócios powered by ALPE

Diloupharma

“Quando sabemos aquilo que queremos, conseguimos fazer a gestão e a adaptação"
u
Negócios powered by ALPE

Instituto de Beleza Rosário Moreira

“O melhor feedback é a cliente voltar”
u
Negócios powered by ALPE

Martins Jesus

“Quando se trabalha com seriedade, mais tarde ou mais cedo, vê-se resultados”
u
Negócios powered by ALPE

Clickviaja.com

“Começar um negócio do zero não é fácil”
u
Negócios powered by ALPE

Mimo Car

“Gosto do ramo automóvel e queria ter algo relacionado com essa área”
u
Negócios powered by ALPE

Mónica Oliveira

“Para se ser um bom mandador, é necessário ser um bom fazedor”
u
Negócios powered by ALPE

Novo Engenho

“Tenho de provar que o meu produto é melhor antes sequer de abrir a empresa”
u
Negócios powered by ALPE

O Caracol

“Tem de se conhecer bem o público-alvo para dirigir as energias e estratégia para ele”
u
Negócios powered by ALPE

Qualco

“Devia ser proibido abrir qualquer empresa sem formação de gestão”
u
Negócios powered by ALPE

ZiaFlor

“O facto de sermos muito bons em determinada coisa, não significa que vamos ser bons a vendê-la”
u
Negócios powered by ALPE

Jorge Duarte

“Quem vem para o empreendedorismo, tem de pensar que o dinheiro ao fim do mês não é certo, é preciso trabalhar todos os dias, e bem”
u
Negócios powered by ALPE

Daniela Valdetaro

“A terapia ayurveda é uma forma integral de cuidar do ser humano”
u
Negócios powered by ALPE

Derma Place

“Sejam persistentes, procurem as ajudas disponíveis e aproveitem ao máximo”
u
Negócios powered by ALPE

Christina, chega-me o pano!

Uma lacuna no mercado criou a oportunidade perfeita
u
Negócios powered by ALPE

Oficena

“O que me deixa mais feliz é fazer aquilo que eu gosto”
u
Negócios powered by ALPE

Escola Atelier de Costura

“Nem me dou conta que estou a trabalhar”
u
Negócios powered by ALPE

Escola Atelier de Pintura

Desabafar para a tela as experiências de uma vida
u
Negócios powered by ALPE

Curious Minds

A vontade de fazer a diferença na forma como olhamos para as crianças.
u
Negócios powered by ALPE

Barbearia K7

"O negócio tem estado a correr bem, peca é por tardio"
u
Negócios powered by ALPE

Ternura Care

“Nunca mais quero ver nos olhos de um filho aquilo que vi nos olhos da pessoa que me inspirou a criar este negócio”
u
Negócios powered by ALPE

MOM Natural Moments

Produtos naturais, artesanais e amigos do ambiente
u
Negócios powered by ALPE

Humanizar e Cuidar

Há sempre um campo de infinitas oportunidades quando arriscamos!
u
Negócios powered by ALPE

ArthenonCoop

Uma nova casa para a arte que tem sempre lugar
u
Negócios powered by ALPE

Ninho das Artes

Um espaço onde as artes ganharam um ninho
u
Negócios powered by ALPE

JP Multiserviços e Reparações

Uma alternativa de sucesso que surgiu depois de um contratempo.
u
Negócios powered by ALPE

Magafone

O sonho de criar uma revista irreverente e impactante.
u
Negócios powered by ALPE

Invisible Mask

A máscara confortável que não se vê e que toda a gente vai querer usar.
u
Negócios powered by ALPE

M2 Training Studio

De jogador de futebol a personal trainer
u
Negócios powered by ALPE

Barber Shop

Barbearia estilo vintage
u
Negócios powered by ALPE

(In)Fusão

Um espaço para todos, celíacos e não celíacos.
u
Negócios powered by ALPE

Smoon

Um sonho de três amigas na área da saúde.

Tens uma ideia de negócio?

Entra em contacto com a ALPE e nós ajudamos-te a materializar a tua ideia.
+351 256 372 076
+351 913 028 299
alpe@direitosedesafios.com
Edifício da Cooperativa Agrícola da Feira e SJM – Rua Moinho das Campaínhas, 1º andar
Santa Maria da Feira
segunda a sexta: 09h00 – 17h00
ver mapa